entretenimento famosos

Precisamos conversar sobre reputação

15:10 Carolina Senra




Antes de você se juntar a mim na análise do novo clipe bomba da Taylor Swift, “Look What You Made Me Do”, que super deu o que falar e já é o mais assistido em 24h na história do YouTube; vamos dar uma relembrada em todo o drama e mistério subsequente que conduziram ela a este retorno um tanto quanto furioso.

 Vamos começar em 2009, quando ela ganhou o VMA, Kayne west (Raper marido de Kim Kardashian) invadiu o palco durante a premiação e simplesmente tomou o microfone da mão dela e a humilhou, destruindo a possibilidade dela terminar o discurso, fazer os agradecimentos e dizer que achava que Beyonce merecia muito mais que ela.

 Em Fevereiro de 2016, Kayne , divulgou "life of Pablo" e uma musica chamada "Famous", esta contém o seguinte trecho: “I feel like me and Taylor might still have sex. Why? I made that bitch famous, I made that bitch famous.”(Eu acho que eu e Taylor deveriamos continuar fazendo sexo. Porquê? Eu fiz aquela vaca ficar famosa). Os fãs pasmaram e Kayne só respondeu:Taylor was cool with it (que a Taylor não se importaria com isso). Mas durante o Grammy ela mesma disse que não estava nada satisfeita com o que Kayne disse a seu respeito e que não concordava com a... Bem, se isso foi uma brincadeira ela não teve graça alguma. E como quem está na chuva é pra se molhar, foi defendida por uns e ridicularizada por outros, e por que? Muita gente sempre achou a postura de boa moça de Taylor completamente desnecessária, e imatura. Eu fico com dó, a vida dela não parece nada fácil à tirar por suas letras e sua vida cheia de confusões.

 Imagem do clipe "Famous" (bonecos de cera)

Imagem de Kim tirando foto da bizarrice

Alguns meses depois, em Julho, A loira teve um romance meio conturbado com Tom Hiddleston depois do seu término com Calvin Harris, vir a público. Os teóricos da conspiração acreditam seriamente, que isso na verdade, foi uma estratégia de marketing para um novo clipe que seria lançado em breve.  No mesmo mês, Kim Kardashian para defender o boy, publicou uma gravação em vídeo da cantora dando permissão ao raper para referenciar ela em "Famous"e botou textão. "Quebrou a internet", não é mesmo? Em seguida tudo desaparece do centro das atenções, tudo se acalma depois de muitos memes e sua mídia social parece ter ficado em paz.

Imagem de Taylor com Calvin

Imagem de Taylor com Hiddleston

No outono, o relacionamento de Taylor e Hiddleston terminou, e nenhuma música surgiu. Em fevereiro, ela reaparece em uma apresentação pré Super Bowl em Houston, dizendo que esta seria sua primeira e última performance de 2017. O que muitos entenderam como mera estratégia para criar uma especulação sobre um novo álbum; mas eu não ficaria em choque se o real motivo fosse que a gata simplesmente estava precisando de férias, numa ilha particular isolada dos outros seres humanos. Em Junho, ela postou um vídeo no Instagram, parabenizando a vitória de Russell Westbrook no NBA, onde ela aparece com a franja  cacheada, e a internet fez um inferno por causa disso, como sempre faz por qualquer coisa. Isso pareceu que ela teria retomado um novo projeto para um lançamento surpresa dia 13 de junho, mas nada aconteceu.


Dia 14 de Agosto, Taylor testemunha em um processo civil que ela contra-arquivou contra um DJ, por agressão sexual contra ela (e ganha). Dia 18 de agosto, houve um sumiço geral da cantora na internet e em todas as suas redes sociais, tudo parado, até mesmo seu site. Todo mundo ficou desesperado, esperando um novo álbum de verdade desta vez. Dia 21, ela posta um vídeo de uma cobra no Twitter e no Instagram, e depois houveram mais cobras postadas por ela, levando as pessoas a especularem se isso foi uma indireta pra dupla Kim e Kayne. Dia 23 de Agosto, ela anuncia nas suas contas sociais, seu novo álbum "Reputation" (Reputação)  que será laçado dia 10 de novembro, mas o seu primeiro single seria lançado no dia seguinte.

Imagem de Taylor e o DJ David Mueller

Em 24 de Agosto surge “Look What You Made Me Do”





Então agora finalmente para a análise:

 #01 - Particularmente, de início pensei que fosse um vídeo de K-pop inspirado no Thriller de Michael jackson, mas depois só consegui gritar "Rica!" A cada desperdício de dinheiro, carrão batido, banheira de diamante; tive até que rever pra prestar mais atenção. 



#02 - O que me pareceu, foi que a proposta do clipe foi finalizar etapas na vida dela, um recomeço, quase como uma limpeza de dramas passados, onde ela se desfaz de uma "antiga Taylor" quieta comportada, permissiva, que não sabe responder à altura, pra a "nova Taylor" que não vai deixar nada barato.

2006:"Eu sou a Taylor, escrevo e canto músicas sobre amor"
2017: "Eu sou a Taylor, escrevo e canto músicas sobre o que eu quiser"

#03 - No início do clipe aparece uma lápide onde se pode ler: "aqui Jaz a reputação de Taylor Swift", reputação essa que não foi lembrada por Kayne, Kim e pessoas que a criticaram, mesmo ela tendo passado por uma vergonha pública (convenhamos).

#04 - Em um trecho da parte do cemitério, que há um nome gravado na lápide (Nils Sjorbeg) este é o codinome que ela usou para escrever a musica "This is what you came for" para Calvin Harrys, que além de não lhe dar os devidos créditos, gravou com a Rihanna e disse que "não via possibilidades de parcerias futuras com Taylor como algo possível", bem antes de terminarem. 


#05 - Existe uma cena onde ela aparece segurando o grammy dentro do carro e sofre um acidente, e este parece ser o real foco para os paparazzis (a tragédia e não a conquista).

#06 - Há uma chuva de referências ao número 13; ela parece obcecada por ele de alguma forma.

#07 - Onde a própria cantora interpreta uma fã enlouquecida, está vestindo uma camiseta autografada com o nome das amigas, o famoso "squad, que parece prevalecer lutando pela reputação da antiga Taylor, e a apoiando.
 
#08 - Ela fez a Sia entrando numa super gaiola de pássaros; só vou relevar por que ao contrário da Sia, a gaiolinha da Taylor era de ouro, e talvez este fosse outro simbolismo, já que o clipe estava tão cheio de significados que muitos podem ter me passado despercebidos.

#09 - Em outro momento, atende o telefone e diz que " a antiga taylor não pode atender por que ela está morta",  depois performa a rainha dos zoombies cheia de cobras em volta do seu trono lhe servindo cháAdorei o empenho dos adestradores por sinal (brinks).


#10 - Percebi que era ela mesma atuando todos os personagens do clipe, até mesmo quando aparece uma multidão, é uma multidão de Taylors do passado. No final ela se critica em momentos, onde ela se considerou (e foi considerada) fraca e imatura.

#11 - Bom, eu acho que se era para dar um troco levando na esportiva e brincando com a situação, ela fez muito bem. Tombou o recalque e ainda brincou um pouco. 

#12 - por outro lado, vocês já viram a postagem do Buzz feed no ano passado, onde o ponto de vista do autor era de que Taylor estava constantemente se fazendo de vítima? Claro que ela claramente quer apagar essa parte, mas o próprio título do single principal, "Loook what YOU made me do" ( Olha o que VOCÊ me fez fazer), é uma fulga da responsabilidade, como se ela apontasse a culpa a outro, quem nunca? Ela estava tentando sair do título de vítima, mas acabou fazendo de novo? Não acho que ela não assumiu sua culpa, ela claramente mostrou sua parcela de culpa nisso, com a parte que mostra ela se fazendo de vítima no passado, sendo zoada pela nova mulher que ela se tornou hoje; essa é a culpa que ela pode ter na situação, de resto foi o Kayne e a Kim que mexeram com quem estava quieta. Bom, essa é minha análise, se faltou alguma coisa deixe nos comentários, beijão.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Flickr Images

Formulário de contato